Blog do Cosme Rímoli

03/09/2009

11 milhões de abraços. Nos amigos e nos inimigos...

blogspot.com                                                          

2 de fevereiro de 2009.

3 de setembro de 2009.

11 milhões de acessos.

60 mil comentários.

Informações, comentários, ironias.

Provocações.

Fugir da notícia oficial.

Aquela que os clubes querem divulgar.

Mostrar os bastidores, que muitas vezes são incômodos.

Bastidores que alegram, irritam, machucam os torcedores.

Missão mais do que cumprida.

Obrigado, Uol.

Abraços a todos.

Cosme Rímoli

Por Cosme Rímoli às 19h09

Só um psicólogo salva a carreira de Gaciba...

blogspot.com                                                                                                                                    

Há quem duvide que os árbitros brasileiros precisem de psicólogos.

Essas pessoas deveriam entrar em contato com Leonardo Gaciba.

Uma das principais revelações da arbitragem nacional não sai de casa.

De acordo com matéria do Zero Hora o motivo é sui generis.

Ele está fazendo um retiro espiritual.

Motivo: as seguidas reprovações nos testes físicos.

Em um deles, em São Paulo, falando ao blog, Gaciba já dava indícios que algo não ia bem.

"Eu não sei o que acontece.

Treinando sozinho faço tudo normalmente.

Mas quando é para valer, não sei o que acontece com a minha cabeça.

Eu travo.

E sou reprovado."

Gaciba já prejudicou terrivelmente sua carreira.

Comandantes da arbitragem no Brasil repetem:  tem potencial para chegar a uma Copa do Mundo.

Só que não há perdão para reprovação nos testes físicos.

Muito pelo contrário.

Além de não apitar, o reprovado perde prestígio, força política.

Passa a ser visto como um relapso.

Em vez de pedir ajuda a um psicólogo, Gaciba preferiu ajuda espiritual.

Não se sabe que tipo.

É bom nem imaginar.

Essa revelação só desgasta a sua imagem mais ainda.

É uma pena.

Outro árbitro, Carlos Simon também foi reprovado em um teste físico.

A sua desculpa é melhor.

Teve um estiramento.

Mas mesmo assim, perdeu o Mundial sub-20.

Simon está confirmado para a Copa do Mundo de 2010, como o representante brasileiro.

Desde que passe nos testes físicos, lógico...

Por Cosme Rímoli às 18h11

Guerra do sexo na Vila Belmiro...

blogspot.com                                                                                                                                                              

Já está clara a crescente divisão no Santos.

Depois da contratação de Marta e uma 'Seleção Brasileira' extraoficial, o clima de comparação é inevitável.

O time de aluguel  foi montado para o Santos vencer a primeira Libertadores feminina.

Os dirigentes já acreditam há muito tempo que alegria só terão com as mulheres.

O time masculino, que Vanderlei Luxemburgo comanda, não desperta a menor confiança.

O treinador chegou à Vila Belmiro prometendo 'ao menos' uma vaga na Libertadores da América.

Mas ninguém leva a sério essa promessa.

Pelo contrário.

Com a palavra o presidente do Conselho Deliberativo do Santos.

" Tomara que vocês possam trazer muitas alegrias à nossa torcida, pois o nosso time masculino está deixando muito a desejar.

Parece que o time está morrendo no segundo tempo", ironizou, José da Costa Teixeira.

A crítica foi feita diretamente ao preparo físico do time diante do Corinthians.

Fora o fraco futebol do Santos no Brasileiro, apenas o 10º colocado.

José da Costa foi o responsável por recepcionar Cristiane, Érican, Fran e Andréia, novas jogadoras.

O clima na Vila Belmiro ficou mais do que constrangedor hoje.

As 'Novas Sereias' se mostraram envergonhadas.

A história já chegou aos ouvidos de Luxemburgo e do presidente Marcelo Teixeira.

O dirigente quer que o treinador não parta para a retaliação.

Marcelo Teixeira não pode romper com o presidente do Conselho Deliberativo.

O ambiente na Vila Belmiro está mais do que tenso.

Se o time feminino, franco favorito, vencer a Libertadores, a comparação ficará ainda mais agressiva.

Marcelo Teixeira está encurralado...

Por Cosme Rímoli às 16h09

Como o São Paulo ficará sem Hernanes, seu cérebro?

blogspot.com                                                                                                                                     

Ricardo Gomes é o primeiro da fila.

Ele está muito preocupado com a ausência de Hernanes.

E as mesmas dúvidas que o torcedor comum.

O São Paulo ficará sem o seu jogador mais inteligente de sete a nove semanas.

Será o tempo para se recuperar da lesão no menisco do joelho direito.

Ainda tem chance de voltar no final do Brasileiro.

Há muita discussão sobre o tema no Morumbi.

A começar pelo presidente Juvenal Juvêncio.

Quem ocupará a vaga de Hernanes?

Como o São Paulo se comportará sem ele?

Ficará mais previsível?

Poderá perder o tetracampeonato seguido por ficar tanto tempo sem Hernanes?

Por Cosme Rímoli às 13h33

Ronaldo deu a palavra que ficará no Corinthians em 2010...

blogspot.com

Poucas coisas valem como a palavra de uma pessoa.

A promessa.

O juramento.

Ainda mais quando essa promessa nasce de um reconhecimento.

Esse é o caso de Ronaldo e o Corinthians.

O representante do jogador, Fabiano Farah, fez questão de deixar escapar as várias propostas que Ronaldo recebeu.

Farah veladamente admitiu que clubes da Inglaterra, do Catar, da Itália, dos Estados Unidos, da Chechênia se interessaram por Ronaldo.

E ele disse não.

Não sairá do Corinthians pelo menos até o meio de 2010, ano do centenário do clube.

Mais do que o dinheiro é o reconhecimento ao clube que apostou nele.

Ronaldo lembra muito bem quando treinava na Gávea e ninguém o levava a sério no ano passado.

Poucos acreditavam na sua carreira depois de engordar demais.

E do episódio com os travestis.

O Corinthians não só acreditou como colocou em prática um plano que recuperou até o respeito das pessoas.

E Ronaldo prometeu aos dirigentes corintianos : iria retribuir a mão estendida.

O agente de Ronaldo sabe muito bem disso.

Mas ele é um profissional.

Recebe para promover, valorizar Ronaldo.

Mesmo que ele não precise.

Ronaldo deu e vai cumprir a sua palavra.

Só que o jogador mais midiático do planeta quer e vai receber um bom aumento para ficar.

Depois da Libertadores.

Após a Copa do Mundo, que Ronaldo acredita com todas as forças que estará, a história pode ser diferente.

Se ele conseguir dar o inédito titulo sul-americano, a história muda.

Ele pode ir para a África e voltar apenas para fazer um amistoso histórico no dia 1º de setembro de 2010.

Esses são os planos.

Em dezembro, Fabiano Farah irá revelar inúmeros outros clubes que tentarão Ronaldo na janela do final do ano.

E novamente, Ronaldo dirá não.

Esse script está muito bem feito, consolidado.

Baseado no que o homem tem de mais importante: sua palavra...

Por Cosme Rímoli às 12h44

O Palmeiras sobreviverá sem seu coração? Sem Pierre?

blogspot.com                                                                                                                 

Luxação e rompimento de todos os ligamentos do tornozelo esquerdo.

Impossibilidade de jogar até 2010.

O melhor marcador do futebol brasileiro.

Uma pergunta simples.

O que será do Palmeiras sem Pierre?

Por Cosme Rímoli às 09h18

Como viver sem três meses de salários? Pergunte a um jogador do Fluminense...

blogspot.com                                                                                                               

Três meses sem salário.

Como qualquer trabalhador pode render?

Seja em qualquer área.

Desde um executivo até um jardineiro.

Todos têm contas a pagar.

Família.

Qual esposa deixaria o marido em paz sem três meses de salários?

Essa é a rotina do Fluminense.

Revelada por quem sofreu na pele com a falta de dinheiro: Renato Gaúcho.

Por mais simples que fossem os esquemas do ex-jogador, como prestar atenção?

Como não atuar inseguro?

E com raiva até do companheiro.

Sim, do companheiro.

Porque na triste realidade do Fluminense há uma divisão de castas.

Quem é bancado pela patrocinadora, a Unimed, recebe em dia.

Ou seja: em um mesmo ambiente de trabalho há jogadores tristes, mas com o bolso cheio.

E outros tristes e desesperados com a falta de dinheiro em casa.

Que planejamento é esse?

Cuca assumiu e a primeira coisa que falou foi que não poderia renovar seu contrato até 2010.

Porque não sabe o que vai acontecer com o Fluminense.

Se vai cair ou não.

Esse é o atual retrato do clube das Laranjeiras.

O último colocado do Campeonato Brasileiro.

Último...

Por Cosme Rímoli às 06h50

Aos trancos, o Inter foi o campeão do primeiro turno. E o Atlético Mineiro? Onde vai parar?

blogpot.com                                                                                                                            

A vitória do Internacional por cruéis 3 a 0 contra o Atlético Mineiro, ontem, resume o caminho de cada time no Brasileiro.

No primeiro tempo,o time de Celso Roth impressionou.

Enfrentou a torcida colorada e, principalmente,o descrédito.

Pressionou, atacou e desperdiçou chances.

Poderia ter ido para o vestiário com uma boa vantagem.

No Beira Rio, muita preocupação para o segundo tempo.

Só que, o Atlético Mineiro murchou e o Inter se impôs.

A equipe de Tite voltou mais confiante, objetiva, técnica com D'Alessandro justificando fama e salário.

Enquanto Tardelli se encolhia, Edu mostrava porque foi contratado.

Roth não teve como fazer seu time reagir.

Não havia ingredientes no banco de reservas.

Enquanto Tite vivia a fartura dos novos ricos.

Três a zero até foi pouco.

O Internacional venceu o primeiro turno do Brasileiro.

Tem um elenco muito forte e um treinador questionado em todo o País.

Menos por quem manda no futebol vermelho de Porto Alegre: Fernando Carvalho.

Um homem capaz de reconstruir o Inter e fazer bobagem como o DVD para pressionar juízes contra o Corinthians.

Tite está no comando do Inter por causa de Fernando Carvalho.

E, está certo, de uma multa de R$ 1,5 milhão.

Mas o dinheiro não significou nada diante da teimosia de Carvalho.

O elenco sempre foi melhor do que a estratégia do time, do treinador.

Mérito da diretoria que montou o elenco.

Teve de vender Nilmar, mas não para de trazer jogadores.

Além das suas revelações.

Briga pelo título, como favorito.

Em compensação:e o Atlético Mineiro?

Perdeu o fôlego.

O dinheiro.

E até o bom senso.

A diretoria acaba de contratar o uruguaio Carini para o gol.

Uma posição que tinha uma das principais revelações do Brasileiro, Aranha.

Faltam bons jogadores para revezar com a competitiva equipe titular que Roth montou.

O problema é simples, mas de difícil solução.

Acabou o sonho de ser campeão brasileiro.

Dentro da fria realidade, se o Atlético Mineiro não for rebaixado, está ótimo.

As pessoas de bom senso que comandam o clube sabiam disso.

Mas como manter o bom senso diante de tanto amor e empolgação vindo das arquibancadas.

A apaixonada e sofrida torcida atleticana conseguiu arrastar, iludir jogadores experientes, dirigentes sonhadores.

Só Celso Roth não embarcou nessa viagem.

Melhor do que ninguém, ele sempre soube o que tinha nas mãos.

Infelizmente para o Atlético Mineiro: sempre foi muito pouco.

O time havia superado o seu limite.

Roth sabia que o vôo do Galo seria curto.

Agora é trabalhar, e rezar, para o time não despencar....

Por Cosme Rímoli às 05h58

02/09/2009

Corinthians, Ronaldo e Adriano quebram recorde de pay-per-view no Brasil...

blogspot.com

Corinthians fortalecido de volta para a Série A.

Ronaldo.

Adriano no Flamengo.

Nenhum clube é disparado melhor do que os outros.

Esses quatro são apontados pelos especialistas em mídia para o recorde de pay-per-view na história do futebol brasileiro.

O crescimento dos números são impressionantes.

Em 2003 foram comercializados 247 mil pacotes.

Em 2004, 278 mil.

Em 2005, 275 mil.

Em 2006, 280 mil.

Em 2007, 367 mil.

Em 2008, 488 mil.

Até julho, já haviam sido negociados 618 mil pacotes da Série A.

A projeção é que alcance entre 650 mil e 700 mil pacotes.

Jogadores importantes como Vagner Love, Defederico, Carini, Guerron, Maldonado, Fábio Rochemback e outros ainda estão chegando.

A fonte não poderia ser mais segura, o Clube dos 13.

O crescimento significa lucro imediato aos clubes.

Pelo acordo com a Globo, os clubes ficam com um percentual das vendas.

E ele deve chegar a mais R$ 15 milhões para os 16 primeiros colocados.

Os rebaixados não recebem mais nada além da cota que já embolsaram.

O vencedor do Brasileiro de 2008, o São Paulo recebeu R$1,5 milhão.

O campeão deste ano deve receber entre R$ 4 milhões e R$ 6 milhões.

O resultado é mais do que animador.

O contrato do Clube dos 13 com a Globo termina em 2012.

E as emissoras que quiserem mostrar o Brasileiro que se preparem.

Tudo será muito mais caro.

E o pay-per-view será um dos motivos da inflação...

Por Cosme Rímoli às 20h55

Dunga quer Ronaldo na Copa. Só depende de Teixeira...

blogspot.com                                                    

Ronaldo era o caçula em 1994.

Não entrou sequer um minuto na Copa dos Estados Unidos.

Sua careca era o alvo principal dos tapas dos jogadores.

Principalmente de Romário.

A relação era de profunda admiração por parte de Ronaldo.

Ele aceitava tudo sem reclamar.

Pelo contrário.

Se comportava como se estivesse no paraíso.

Romário abusava.

Até que surgiu um protetor para Ronaldo.

Ele era o único a quem Romário respeitava na delegação.

Único.

Nem Parreira, nem Ricardo Teixeira.

O Baixinho só se dobrava a ele.

Não por acaso, seu companheiro de quarto.

Dunga.

A proteção do capitão da Seleção Brasileira a Ronaldo se transformou em uma grande amizade.

A amigos gaúchos que não trabalham com jornalismo, o treinador da Seleção Brasileira se derrete ao falar da carreira de Ronaldo.

Os dribles, os gols são importantes, mas ele é fascinado pela reviravoltas na vida que ele conseguiu.

Dunga ligou para saber de Ronaldo nesta semana.

Não foi a primeira vez.

Houve outros contatos, por intermediários.

Dunga quer ter o prazer de levar Ronaldo para a Copa e ser o responsável pela última grande volta por cima do atacante.

Ao contrário de Luiz Felipe Scolari e Romário em 2002, o corintiano tem todos os créditos com Dunga.

Não cobrou convocação, não o colocou em situação difícil em nenhuma oportunidade.

Muito pelo contrário.

O obstáculo a ser derrubado é Ricardo Teixeira.

Ele ainda quer uma aproximação de Ronaldo.

Mas partindo do corintiano.

O presidente da CBF quer que Ronaldo assuma o compromisso de não desestabilizar o grupo na Copa.

Nada de baladas, festas após os jogos.

Segurar o elenco por 30 dias na África do Sul.

A partir do momento que houver essa aproximação, Ronaldo estará com o passaporte carimbado para a Copa.

Dunga outra vez está protegendo Ronaldo.

A Seleção Brasileira só depende da humildade, e esperteza, do próprio Fenômeno...

Por Cosme Rímoli às 15h16

O que Corinthians e Santos colocarão em jogo no Pacaembu...

blogspot.com                                                                                                                                 

Jogo da vida ou da morte no Brasileiro.

O clássico de hoje entre Corinthians e Santos está mais do que animado.

E com responsabilidade, peso, cobrança dos dois lados.

Muitos bastidores.

Mano Menezes é articulado.

Até demais.

Só fala o que quer.

Quando ele fez questão de ressaltar que o jogo acontecerá um dia depois do aniversário corintiano, quis pressionar seus jogadores.

Será um rascunho do que será a Libertadores da América.

No mesmo palco, o Pacaembu.

Ambiente festivo.

A obrigação de uma vitória.

Será um teste para os nervos.

Mano ainda relembra da perda da final da Libertadores de 2007 para o Boca Juniors.

Vários jogadores do Grêmio não andaram de tão tensos diante dos argentinos.

O teste ainda ganha maior importância por não ter Ronaldo.

Quem garante que o atacante não irá desfalcar a equipe em um jogo decisivo da Libertadores?

Defederico e Marcelo Mattos serão apresentados à torcida como novos reforços.

O argentino vai descobrir o que é jogar em um clube popular de verdade no Brasil.

E os corintianos avaliarão se a tríplice coroa é só um sonho e a hora é mesmo de jogar a toalha...

Do lado santista, a promessa de Vanderlei Luxemburgo.

O técnico ao assumir o Santos prometeu, no mínimo, vaga para a Libertadores.

Vencer o clássico seria importantíssimo.

Não só pelos pontos, mas pelas circunstâncias.

Jogo na casa do inimigo, torcida pressionando.

Luxemburgo repete e repete que adora partidas desse calibre.

A diretoria tem grande chance de anunciar após o clássico a contratação de Edu Dracena.

Luxemburgo esteve no casamento do zagueiro e soube que ele não ficaria na Turquia.

Se não acertasse com uma equipe européia, o treinador avisou que tentaria levá-lo para onde estivesse.

Ganso fará a última partida antes do Mundial sub-20.

Se ele se destacar, há grande chance de ser encaminhada uma negociação com o futebol europeu.

O Santos recusou proposta do CSKA, mas há interesse do futebol italiano e espanhol para levá-lo em 2010.

Uma pitada de suspense desnecessária.

O paulista, e pouco rodado, Guilherme Cereta de Lima apitará o jogo de vida e morte...

Por Cosme Rímoli às 14h42

01/09/2009

Ingressos a R$ 150,00 para a estréia de Love. R$ 150,00. R$ 150,00...

blogspot.com                                                                                                                                                                   

Primeira providência da diretoria do Palmeiras depois de contratar Vagner Love.

Qual será que foi?

Convidar torcedores para entrar de graça no Palestra Itália, na sua estréia?

Muito pelo contrário.

Quem quiser vê-lo na sua reestréia pelo Palmeiras, contra o Barueri terá de pagar mais caro.

Os ingressos foram majorados.

O clube segue a mesma direção apontada com o Corinthians de Ronaldo.

Contrata bom jogador, mas o seu torcedor deverá pagar mais por isso.

Os salários de Love ainda estão longe dos de Ronaldo.

O corintiano recebe cerca de R$ 1,5 milhão por mês do Corinthians.

A soma é do salário e mais o patrocínio das mangas da camisa e do calção.

Vagner Love ainda está longe disso.

Recebe 'apenas' R$ 350 mil.

Só que a diretoria palmeirense vai repartir esse custo assim mesmo.

Os preços: arquibancadas, R$ 40,00.

Numeradas descobertas, R$ 80,00.

Numerada coberta: R$ 140,00.

Setor Visa: R$ 100,00.

Setor Premium: R$ 150,00.

Repetindo: R$ 150,00.

Repetindo: R$ 150,00...

Por Cosme Rímoli às 13h32

Novo estádio para o Corinthians. Desde 1953 essa história...

blogspot.com                                                                                                                                                                           

Desde 1953, a diretoria do Corinthians promete a construção de um novo estádio.

O Parque São Jorge está totalmente ultrapassado e serve, quando muito, para o time fazer coletivos.

Desde 1953, quando o presidente era Alfredo Trintade, as promessas se sucedem.

Nestes 56 anos, várias pessoas iludiram os torcedores.

E levaram vantagem com essa ilusão.

Conseguiram reeleições, promoção e até cargos públicos.

Pouco depois de Andres Sanches assumir o cargo, ele jurou que não apelaria para esta tática.

Jurou ser um presidente que veio das arquibancadas e não enganaria torcedores como ele.

Logo, porém, em 2006, muito se falou sobre a construção de um estádio.

Fotografias da área foram tiradas de helicópteros.

Maquetes foram feitas.

Projetos mostrados em detalhes nos jornais.

A diretoria dizia que faltava só acertar o número de camarotes que seriam dados aos construtores.

Andres Sanches não se envolvia.

Também não desmentia.

O projeto que foi levado pelo conselheiro Edgar Soares não deu em nada.

A piada da época foi a que, se fossem colocadas lado a lado, todas as maquetes de estádios corintianos que não saíram do papel, dariam a volta no mundo.

Com as dificuldades financeiras do São Paulo para a reforma do Morumbi, surgiram novamente os boatos.

Com o auxílio do presidente Lula, seria construído um novo estádio em São Paulo para a Copa do Mundo de 2014.

E para quem ele ficaria?

Sim, para o Corinthians.

O boato nasceu, morreu, foi enterrado.

Hoje surge novamente a revelação do plano da construção de novo estádio.

Para 60 mil pessoas.

Arena multiuso, para shows, rodeios, danças folclóricas, cultos religiosos, quadrilhas juninas, escolha da musa da laje.

Mais uma vez o torcedor se anima.

Como há 56 anos.

Ainda mais hoje que o clube completa 99 anos...

Cabe a Andres Sanches mostrar a que veio.

E mostrar se o plano é real.

Ou é mais um conto da carochinha?

Como a nova que conselheiros contam.

A que Michael Jackson, se não tivesse morrido, faria o show do centenário do Corinthians em Itaquera.

Confirmação?

Só no Céu...

 

Por Cosme Rímoli às 11h59

A demissão de Renato Gaúcho. A decepção do lanterna Fluminense...

blogspot.com                                                                                                                                                                         

Renato Gaúcho demitido às três da manhã.

Cuca com malas arrumadas para Itu.

Esta é a triste rotina do Fluminense em 2009.

O clube continua trabalhando forte e com vontade de ser rebaixado.

Primeiro a diretoria demitiu René Simões.

A demissão aconteceu porque Parreira quis voltar a trabalhar em clubes.

A cúpula da Unimed ficou enlouquecida com a chance de contratá-lo.

E não pensou duas vezes em demitir René Simões.

Não levou em consideração montagem de elenco, nada.

Parreira foi a decepção em pessoa.

Caiu.

Deixou o time na zona do rebaixamento do Brasileiro.

A diretoria resolveu apostar na efetivação de Vinícius Eutrópio.

Foi uma enorme perda de tempo.

O elenco dominou o treinador.

Só esqueceu de jogar e continuou a perder.

A diretoria da Unimed tirou Renato Gaúcho da praia.

Para nada.

A sua atitude mais forte foi assumir que jogadores pagos pela patrocinadora recebem em dia.

Os demais, do Fluminense, não.

Resumo da ópera: time travado na lanterna do Brasileiro.

Último colocado.

A diretoria tratou de correr atrás de reforços.

Jogadores que não foram pedidos por Renato Gaúcho.

Além de desrespeitá-lo, o Fluminense demitiu ontem na madrugada Renato Gaúcho.

Cuca, sempre disponível, voltou ao clube.

No ano passado, uma situação idêntica.

Ele foi contratado no lugar de Renato Gaúcho.

Ficou apenas nove partidas e foi demitido.

Foi preciso a chegada de René Simões para salvar a equipe do rebaixamento.

Ele foi bem pago com a demissão sumária para entregar o seu cargo a Parreira.

Cuca chega pressionado, com a moral baixa demais depois de tudo que suportou no Flamengo.

Mas os dirigentes não querem nem saber.

Era o treinador disponível.

O que estava na mão.

Esta é a situação de um clube tão tradicional.

Fred, que não quer falar para a imprensa, deve estar lembrando das promessas da patrocinadora Unimed.

Ele foi convencido a voltar ao Brasil porque iria jogar no melhor time do País.

Fred acreditou, a imprensa acreditou, a torcida acreditou.

E agora?

Por Cosme Rímoli às 10h36

Palermo: a última aposta de Maradona...

                                                                                                                                                            

blogspot.com

A esperança argentina para ganhar do Brasil tem 35 anos.

Havia esquecido há muito tempo a Seleção Argentina.

E atende pelo nome de Palermo.

O mitológico artilheiro do Boca Juniors é a carta na manga de Maradona.

O treinador agiu com o instinto.

Sabia que a sua seleção precisava de um algo que saísse da rotina.

Não bastasse a campanha instável do seu selecionado, o adversário é o Brasil.

Maradona já é questionado na Argentina.

Ele estava precisando de um reforço.

Necessita de uma vitória consagradora.

Ele está por trás do jogo sair de Buenos Aires e acontecer em Rosário.

Palco muito menor e propício para todo tipo de pressão que os argentinos farão.

Maradona não gosta do presidente da AFA, Julio Grondona, mas os dois se uniram para tentar ganhar dos brasileiros.

Fazia nove anos que Palermo não era convocado para um jogo oficial da Seleção Argentina.

Ele estava desconfiado que algo iria acontecer.

Havia sido chamado para um amistoso contra o Panamá, mas não pôde jogar.

Agora, não.

Está livre, empolgado.

Sabe que não pode, não tem o direito de desperdiçar essa chance.

Está em estado de choque, quase tanto quanto a imprensa e a torcida argentina.

Maradona fez a sua maior aposta como treinador da Argentina.

Apostou tudo, e mais alguma coisa, em El Loco.

Bancou o carisma do grande artilheiro do Boca Juniors.

Aos 35 anos.

É a última bala na agulha de Diego Armando Maradona como técnico.

Uma bala que muitos acreditavam estar enferrujada...

Por Cosme Rímoli às 08h42

Sobre o autor

Trabalhou, com orgulho, por 22 anos no Jornal da Tarde.Cobriu as últimas quatro Copas do Mundo, cinco Eliminatórias para a Copa, quatro Copas América e dezenas de finais entre Libertadores, Brasileiros e Campeonatos Paulistas.

Sobre o blog

Cosme Rímoli aborda os bastidores do futebol, entrevista personagens significativos e analisa o que ocorre dentro e fora dos gramados.